Buscar
  • A3 Construtora

Como é formada a Avaliação do Custo de uma obra


Para entendamos como é formado a avaliação do custo de uma obra por administração ou obra a preço de custo, precisamos entender que existem dois custos distintos, o que se refere a fração ideal do terreno e o outro sobre a avaliação do custo de obra em si.


Para a formação de custo da fração ideal de um empreendimento a A3 precisa realizar uma série de serviços e investimentos antes da admissão de novos investidores, como a prospecção de área, análise jurídica das documentações, estudo de viabilidade econômica, aquisição de lotes que serão unificado e formarão o empreendimento, licenciamento ambiental da áreas com mata, compensação dessa mata em uma outra área que também precisa ser adquirida, levantamento topográfico, escriturar e registrar tudo em seu nome, recolhimento de impostos, realizar projeto arquitetônico preliminar, imagens 3D da fachada e dos apartamentos e incluir nesse custo o valor do comissionamento que será pago aos que prospectarem novos investidores.


Para que seja realizado uma avaliação do custo de obra, nessa etapa e com esses elementos acima, é realizado um cálculo do total de metros quadrados de uma unidade, considerando áreas privativas e áreas comum de cada unidade, chegando no total de metros para cada cota de participação.


Exemplo da forma de cálculo levando em consideração são as obras entregues, o que se leva em conta em um pré-lançamento, e o custo gasto de obras entregues e a obra vendida a preço fechado no mercado de Ubatuba:



Por não ser possível prever o que ocorrerá na execução da obra nos anos que se seguirão até sua conclusão, levamos em conta o custo por metro quadrado do último empreendimento finalizado e entregue pela A3, sendo a melhor referência do que poderá custar o novo empreendimento, e é por isso que sempre é necessário reavaliar o custo de uma obra próximo ao seu termino.


Sabe-se que isso é uma previsão e que é impossível prever o futuro, que cada obra tem suas especificidades e que existem elementos que podem variar, como o tipo de fundação que deverá ser usada em um determinado terreno, rendimento da mão de obra devido a chuvas e a pandemias ou o que mais vier ocorrer.


O custo final da obra só não seria o menor o possível, caso houvesse alguma conduta indevida, e também para mantermos o máximo de transparência, abrimos o livro caixa das obras, para que os investidores possam fiscalizar e avaliar os custos da mão de obra e de cada material adquirido, logicamente levando em conta o alto padrão de acabamento, o que faz com que seu investimento valha apena e não comece a se deteriorar rapidamente assim que a obra acaba de ser executada, o que não é incomum ver andando na cidade.


Portanto se o valor previsto para execução da obra, for superior ou inferior a avaliação inicial do seu custo, isso não acaba influenciando no preço final da obra, que sempre será o custo de execução.


Para saber mais sobre a cidade e conhecer os nossos empreendimentos, siga-nos no Instagram e curta nossa página no Facebook!

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo